5 carreiras na área de Moda

Quando falo que gosto de moda todo mundo pergunta logo se sou estilista. Além dessa área, há muitas outras para seguir dentro da Moda. Pensando nisso, resolvi listar algumas das carreiras possíveis, até mesmo pra quem quer trabalhar na área e ainda não decidiu o que quer seguir dentro do mundinho

Jornalismo 
Português impecável e vontade constante de estar sempre aprendendo são muito valorizados nessa área. Você poderá escrever para revistar ou sites especializados, ou até mesmo na assessoria de alguma marca. Necessário também estar ligado em história (tanto geral quanto da moda) e em atualidades, como política, economia e ciências. Além disso, a postura profissional é importantíssima, já que você estará lidando com egos inflados de estilistas e marcas, ou até mesmo recebendo “presentinhos” para falar bem de algo. 
Suzy Menkes – jornalista e editora de moda do jornal International Herald Tribune
Consultorias
Essa é pras pessoas que gostam de trabalhar com o público e não querem se prender a uma rotina. Seja uma consultoria para uma empresa ou para uma pessoa (o famoso personal styling), você terá que ter jogo de cintura para lidar com as opiniões nem sempre favoráveis ao que você quer, ou estudou para ter certeza. Terá que aprender a ter lábia e bastante tempo disponível, já que geralmente as consultorias não possuem horários fixos. Ah, e também exige bastante organização, para não confundir horas marcadas nem serviços de clientes diferentes. 
Rachel Zoe – top stylist das celebridades de Hollywood 

Fotografia 
Quem acha que o fotógrafo só faz editoriais se engana completamente. O fotógrafo de Moda é muito versátil, pois pode fotografar eventos da área, peças e acessórios para um catálogo, editoriais para revistas, campanhas de marcar, entre outras atividades. Se você é dessas pessoas que tem uma câmera na mão e mil ideias na cabeça, essa profissão é pra você. 
Mario de Janeiro Testino – era um dos queridinhos da Lady Di, e já fotografou para as melhores revistas do mundo, como Vogue e Vanity Fair

Figurino
Acho que essa é uma das áreas que pode ser a mais divertida ou a mais complicada. Se você gosta de pesquisar muito e desenvolver visuais bem específicos, essa é sua área. Você pode trabalhar tanto na televisão como no teatro, em peças ou apresentações de dança. Até mesmo em alguns esportes, como ginástica olímpica, você vai poder se ocupar. É uma profissão que requer muita atenção aos detalhes, pois não seria muito interessante colocar uma plataforma dos anos 70 em um figurino dos anos 50, né? 
Edith Head – figurinista de Hollywood, ganhou 8 das 35 indicações ao Oscar de melhor figurino.

Parte técnica
Quem gosta de colocar a mão na massa e desenvolver as peças, essa é uma carreira promissora. Seja costurando ou fazendo a modelagem, desenvolvendo acessórios ou calçados, é bastante técnica e requer muitos estudos específicos da área. Atualmente é a vertente que mais precisa de mão de obra (em especial no Brasil), principalmente na área de corte e costura. Boa parte das pessoas que trabalha com moda quer ser estilista, ter ideias mirabolantes e fazer croquis incríveis, mas esquecem que roupa se faz com agulha e linha, não com papel e lápis (beijo Gayegos!).

Coco Chanel – a costureira mais famosa do mundo!

Fotos: Reprodução

Post Author
Ianarã Bernardino
Ataco de Diretor Criativo, Designer & DJ. Também ataco de astrólogo (pros amigos) e de master chef (quando tô de bom humor). :)

Leave A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *