5 desfiles que marcaram a História

Admito que ando meio saturado de desfiles, porém há muitos deles que marcaram a História. Esses eu não me canso de assistir. Porém, considerando que há uma lista bastante extensa, resolvi pegar apenas os que ocorreram do ano 2000 pra cá. Foram os anos que eu testemunhei os acontecimentos através de jornais, revistas e da nossa amada internet, e por isso tenho uma certa ligação emocional mais forte com eles. Espero que vocês curtam. =)
Dior Outono/Inverno 2011-12
Quem não lembra da confusão que aconteceu com John Galliano em 2011? Clique aqui para relembrar. Pois bem, ele foi demitido da Dior na véspera do desfile de outono/inverno, e por esse motivo não deu as caras em sua última apresentação. De certo modo parece que ele previa a catástrofe porque a coleção tinha um ar decadente e melancólico, mesmo em meio ao luxo e a uma certa alegria. No final, a equipe que trabalhava com ele é quem sobe à passarela para os agradecimentos. Foi emocionante, mas não menos triste. Foi o fim de uma era.

Valentino Haute Couture Primavera Verão 2008
Ao contrário do Galliano, a despedida de Valentino foi uma alegria. Foram três dias de festa, e ele escolheu a alta-costura para iniciar esse evento, que marcou sua saída do mundo da moda. Alguns críticos dizem que a couture morreu quando Valentino a deixou. Não sei, mas sei que foi emocionante ver uma fila final cheia de vestidos vermelhos…

Alexander McQueen Primavera Verão 2001
Sou suspeito pra falar do McQueen, acho que ele tem vários momentos históricos ao longo da carreira. Porém, um dos que é mais relembrado é esse desfile de 2001, intitulado VOSS. Ocorreu dentro de um grande cubo de vidro, e no meio havia uma modelo nua usando uma máscara de gás, cheia de mariposas, baseado na imagem de Joel Peter Witkin intitulada Sanitorium. Naquele momento Alexander assinava seu nome na história da moda, como um estilista extremamente provocativo e sarcástico.

Hussein Chalayan Primavera Verão 2007
Nesse desfile, intitulado One Hundred and Eleven, Hussein nos mostra roupas mutantes, que mudam a imagem das peças na passarela. Já falei um pouco sobre ele aqui, portanto deixo vocês com a genialidade desse estilista inglês de origem turca. 

Yves Saint Laurent Verão 2002
Essa foi a despedia oficial de Yves Saint Laurent das passarelas. Foi um desfile imenso, onde foram revisitados os looks mais interessantes de seus 40 anos de carreira. Tem como não se emocionar com Catherine Deneuve, uma de suas mais fiéis clientes, cantando nessa que seria a última vez em que ele pisaria em uma passarela.

Post Author
Ianarã Bernardino
Ataco de Diretor Criativo, Designer & DJ. Também ataco de astrólogo (pros amigos) e de master chef (quando tô de bom humor). :)

Leave A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *