NEW ERA | Morbid Glamour

30 de novembro de 2016

Não sei se todo mundo sabe, mas além das mil e uma coisas que eu faço nas áreas de moda e design, eu ainda ataco de DJ nas baladinhas e festinhas particulares por aí. O Morbid Glamour nasceu por volta de 2011/2012, quando eu comecei a tocar nas festas do curso de Design da UFRN (sdds Debulha) e no inicio do Casanova, quando não tinham festas badaladas por lá. Desde então eu tomei gosto por tocar, fiz cursos na área (sim, até pra ser DJ tem que estudar crianças), desenvolvi o personagem e toquei em vários lugares, desde festinhas particulares à outros estados do nordeste.

Depois de um ano com as mesmas fotos e a mesma vibe minimalista revolts, resolvi mudar. Peguei elementos oitentistas e misturei com elementos dos anos noventa, duas décadas que eu amo esteticamente.  Além disso quero deixar meu muito obrigado aos meus fotógrafos Fabiana Mota e Ian Rassari, que fizeram as minhas fotos novas. ♥

E pra marcar essa nova era na vida do Morbid Glamour, além de contar um pouco da história dele/dela, resolvi gravar dois sets em comemoração a essa fase que se inicia hoje. Isso mesmo, DOIS SETS! Um com uma pegada mais diurna, numa vibe mais baladinhas no pôr do sol, saca? E o outro numa vibe mais noturna, bem bate cabelo na pista de dança. Então é só você escolher qual dos dois te agrada mais, apertar o play, curtir a vibe e compartilhar com os migos! Ah, e não esquece de curtir a página do Morbid Glamour no Facebook e de seguir lá no Instagram, tá? 🙂

avatar

Quem é Morbid Glamour?

Ele/ela é um ser que vem de um planeta distante, onde tudo é feito de luz, cores, sons e vibrações. Lá os seres não são definidos por gênero nem por nomes, lá tudo é sinestésico, tudo é sentimento, tudo é indescritível na nossa limitação humana.

Um dia esse ser resolveu viajar pelo espaço, conhecer outras formas de vida e de se relacionar com os elementos que faziam parte de sua existência em seu lugar de origem. Assim ele chegou ao planeta Terra, e ficou intrigado em como as coisas eram densas e extremamente duais por aqui. Por isso adotou pseudônimo Morbid Glamour, já que seu nome real era uma cor inimaginável por essas bandas.

Dentre os vários lugares que andou por aqui, Morbid Glamour viu muito de sua terra natal em uma lugar bem específico: na balada. É em meio ao som, às luzes, às cores, sorrisos e boas vibrações que ele se sente em casa novamente. E foi assim, como um movimento natural de retorno às origens, que ele/ela resolveu seguir carreira como DJ e, dessa forma, estar sempre conectado com seu planeta…

Fotos: Fabiana Mota e Ian Rassari

By Ianarã Bernardino

Apaixonado por moda, música e tudo que é novo e interessante. Diretor Criativo, Stylist, & Designer.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *